A Prevenção do Câncer de Mama e o Outubro Rosa

César Augusto C. Machado
Mastologia CREMEB 15187

O câncer de mama é uma doença curável e prevenível. Existem três tipos de prevenção, vamos entender as duas primeiras, a prevenção primária e a secundária. A confusão entre as duas é comum na população, ouve-se no consultório a revolta de pacientes argumentando: “Dr. Sempre fiz minha mamografia anualmente, como esta doença foi aparecer?” A explicação é que a mamografia faz parte da prevenção secundária ao câncer de mama e não primária.

A prevenção primária a uma doença, como o câncer de mama, é composta por ações que impedem ou diminuem o aparecimento da doença, já a prevenção secundária, como a mamografia, não impede o aparecimento, mas permite pela detecção precoce a cura com menor agressividade no tratamento.

No câncer de mama a prevenção primária é o conjunto de ações como mudança de estilo de vida, estimular a amamentação, evitar a obesidade, o tabagismo e etilismo. A prevenção secundária é a detecção precoce desta doença, também chamado de rastreamento mamário, o principal exame é a mamografia, podendo ser utilizado ultrassonografia e ressonância magnética em situações especificas.

Para entender melhor estes conceitos e aprender como se prevenir leias os artigos neste site “Vencendo os Fatores de Risco (Parte I e II)” publicados dias 04/04/2012 e 25/05/2012.

Devido a importância da prevenção desta grave doença, mas que tem prevenção e cura, surgiu o movimento “Outubro Rosa”.

O movimento Outubro Rosa é mundialmente conhecido pela luta contra o câncer de mama. Teve seu inicio em 1997, mas pode-se considerar o primeiro passo desta mobilização a utilização do laço cor de rosa como símbolo desta luta, em 1991, pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. Naquele ano, aconteceu a Corrida pela Cura, em Nova York, sendo distribuído o laço a todos os participantes; desde então, esta corrida ocorre todos os anos na cidade e tem se espalhado por todo o mundo.

Em 1997, as cidades de Yuba e Lodi na Califórnia, nos Estados Unidos, começaram o movimento de forma mais organizada com a iluminação de monumentos públicos de cor rosa. A intenção era chamar a atenção da população para a necessidade da prevenção desta doença que estava, e ainda está, em crescimento mundial. Outras ações como caminhadas, corridas, desfile de modas com sobreviventes (do câncer de mama), partidas de boliche.

A popularidade do Outubro Rosa aumentou em todo o mundo motivando e unindo diversos povos em torno desta nobre causa. Isso faz com que o ato de iluminar monumentos de rosa assuma importante papel, pois tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo, assim como o laço rosa.

No Brasil, a primeira iniciativa foi a iluminação em rosa do monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista (mais conhecido como o Obelisco do Ibirapuera), situado em São Paulo-SP, em 02 de outubro de 2002. Mas foi a partir de outubro de 2008, que o movimento se intensificou com a iluminação do Cristo Redentor por diversas entidades, organizadas pela FEMAMA (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama).

Críticas ao movimento existem, como a que alega o possível aumento a “cancerofobia” (aversão e medo excessivo a doença câncer), por divulgar o crescimento da doença, sem alertar que ela tem cura e tratamento. Por isso, torna-se ainda mais importante associar ações educativas ao ato de iluminar monumentos públicos, realizar caminhadas, corridas, entre outros eventos.

A clínica Núcleo da Mama nasceu em setembro de 2011 e em outubro daquele mesmo ano já realizou diversas ações inseridas no movimento “Outubro Rosa”:

01/10/2011 – iluminação das “gordinhas”, estátuas em Ondina da artista Eliana Kertezs, próximo a clínica.

01/10/2011 – Terapia de Reposição Hormonal e Câncer de Mama – debate multidisciplinar com diversas especialidades que lidam com esta controversa discussão.

06/10/11 – Palestra no Shopping Barra sobre prevenção do câncer de mama no lançamento da campanha Saúde em Movimento da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, com presença do Secretário Dr. Jorge Sola, em parceria com a Fundação José Silveira.

22/10/11 – Realização de 40 mamografias gratuitas para mulheres de baixa renda com consulta de mastologia para as pacientes que apresentaram qualquer alteração no exame.

29/10/11 – Câncer de Mama – O que é e como se prevenir, palestra aberta para pacientes e acompanhantes da clínica.

Vamos todos ajudar o mês de outubro tornar a vida das mulheres mais rosa, evitando o aparecimento da doença (prevenção primária) ou detectando cedo para curar os casos que aparecerem (prevenção secundária). Vamos todos participar desta luta!

Cadastre seu email e receba informações em primeira mão.

Clínica inova com serviço de diagnóstico rápido – Edição Setembro 2016

Clínica inova com serviço de diagnóstico rápido – Edição Setembro 2016

Abrasivo Digital