Dilma fala sobre saúde da mulher em discurso na ONU

Nova York (EUA) – Durante o discurso na manhã desta segunda-feira na ONU, a presidenta Dilma Rousseff destacou que é muito importante aliar políticas de saúde  aos programas de desenvolvimento social e falou sobre a saúde da mulher.

“A saúde da mulher é uma prioridade do meu governo. Estamos fortemente empenhados pela redução da mortalidade infantil”, disse a presidente.

Dilma participa da reunião de Alto Nível sobre Doenças Crônicas nesta segunda e uma série de encontros está agendado durante a semana com chefes de estado. Ela também fará o discurso de abertura da Assembleia Geral ONU.

As doenças crônicas não transmissíveis representam, atualmente, a principal causa de morte no mundo e correspondem a 63% dos óbitos em 2008. Aproximadamente 80% dessas mortes ocorrem em países de baixa e média renda e 1/3 delas em pessoas com menos de 60 anos de idade.

Segundo Dilma Rousseff, a ocorrência desproporcional destas doenças, entre os mais pobres, demonstra a necessidade de resposta ao problema. “É fundamental que haja coordenação entre as políticas de saúde e outras políticas destinadas a lidar com os determinantes sócio-econômicos destas enfermidades”, afirmou.

Durante seu programa semanal de rádio, o Café com a Presidenta, Dilma ressaltou que tem muito orgulho de ser a primeira mulher a abrir a Assembleia Geral da ONU. “O Brasil tem muito a mostrar em cada um desses temas”, completou.

Fonte: Portal O Dia

Cadastre seu email e receba informações em primeira mão.

Clínica inova com serviço de diagnóstico rápido – Edição Setembro 2016

Clínica inova com serviço de diagnóstico rápido – Edição Setembro 2016

Abrasivo Digital