Mais de 57 mil brasileiras terão diagnosticado câncer de mama em 2016

Até o final deste ano, são esperados mais de 57 mil novos casos de câncer de mama no Brasil. O risco estimado é de 56,2 mulheres acometidas a cada 100 mil, segundo levantamento anual do Instituto Nacional do Câncer (INCA). Considerado o tipo de câncer mais comum entre as mulheres, tanto no Brasil quanto no mundo, a doença representa 25% dos novos casos registrados anualmente.

Os dados reforçam a importância da prevenção e conhecimento sobre o assunto. Conforme explica Heliégina Palmieris, mastologista que atua em São Paulo, o câncer de mama pode ser assintomático e silencioso. “Por esse motivo, a prevenção e acompanhamento médico são tão importantes e precisam ser facilitados a toda a população feminina”.

Os sintomas mais comuns do câncer de mama são a presença de nódulos na região, alteração no formato dos seios e secreção de sangue pelos mamilos. Os tratamentos variam de acordo com o estágio da doença e podem consistir em intervenção cirúrgica, radioterapia e quimioterapia. Os exames mais comuns para prevenir e diagnosticar são a mamografia, ultrassonografia, ressonância magnética, core-biopsy e citologia.

Cadastre seu email e receba informações em primeira mão.

Clínica inova com serviço de diagnóstico rápido – Edição Setembro 2016

Clínica inova com serviço de diagnóstico rápido – Edição Setembro 2016

Abrasivo Digital